Assembleia Geral Extraordinária do Fórum de Monitoria de Orçamento

Comunicado de Imprensa

 

O Fórum de Monitoria do Orçamento (FMO) realizou esta quinta-feira, dia 12 de Dezembro de 2019, em Maputo, a sua Assembleia Geral Extraordinária para a eleição da organização coordenadora e para eleição dos membros do Grupo de Coordenação da plataforma para o ciclo de três anos que inicia em Janeiro de 2020.

O Centro de Democracia e Desenvolvimento (CDD), única organização candidata, foi unanimemente eleita para coordenar o FMO no ciclo 2020-2022. Foram eleitas para o grupo de coordenação da plataforma o Centro de Capacitação de Sociedade Civil (CESC), a Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade (FDC), a N´weti e o Observatório Cidadão para Saúde (OCS). Os órgãos eleitos tomarão posse em Janeiro de 2020.

O CDD sucede a N´weti, que entre 2017 e 2019 coordenou o FMO coadjuvada pelo Centro de Integridade Pública (CIP), Grupo Moçambicano da Dívida (GMD), CESC e FDC. Neste período o FMO liderou importantes processos ligados ao endividamento oculto e a campanha internacional para responsabilização dos credores e demais actores, bem como a implementação de importantes projectos de influência de políticas de gestão de finanças públicas.

O FMO, que pauta por uma governação rotativa e guia-se por princípios de transparência, responsabilidade e prestação de contas, é uma plataforma de organizações da Sociedade Civil estabelecida em 2010 focalizada na monitoria da gestão das finanças públicas com o propósito de fortalecer a acção colectiva para monitorar e influenciar políticas públicas bem como influenciar a alocação equitativa de recursos aos sectores sociais prioritários.

Maputo, aos 12 de Dezembro de 2019

O Grupo de Coordenação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

More to explorer

Scroll to Top